A  pergunta que não quer calar, principalmente para quem monetiza sites com anúncios, é como subir na busca do Google e aparecer na primeira página organicamente, e a principal resposta para esse mistério é o SEO para blogs.

Estamos na metade de 2021 e vivemos mudanças, até mesmo drásticas, no algoritmo do Google, é preciso estar por dentro e dar conta do que as atualizações pedem, na hora de fazer SEO e produzir conteúdo.

Mas não se preocupe, exatamente nesse momento oportuno, reunimos informações preciosas que vão te ajudar a acompanhar as tendências do SEO e continuar fazendo seu site crescer, em 2021 e adiante. Confira:

Quais as tendências em SEO para blogs?

No meio de tantas mudanças, alguns formatos seguem como tendências em SEO, sendo eles:

Conteúdos longos/Conteúdos curtos

A mesclagem entre esses dois tipos de conteúdo nunca foi tão importante e por conteúdos longos e curtos queremos dizer: posts de até 500 palavras e posts de até 2000 palavras.

Como você já deve saber, o Google mudou a forma de mostrar o conteúdo ao usuário que faz sua pesquisa na busca. Ele passou a oferecer muito mais snippets (trechos de conteúdo fora da página):

Esses conteúdos oferecem uma resposta completa à pergunta do usuário sem que ele necessariamente entre na página para ler o restante do conteúdo. 

Isso mostra que os conteúdos não necessariamente precisam ser grandes ou volumosos, só precisam dar uma resposta completa ao usuário e sua dúvida.

Da mesma forma para conteúdos longos, o Google leva o usuário para a parte exata do texto que contempla sua pesquisa, sem a necessidade de que o usuário percorra todo o texto até achar a parte que lhe interessa.

Isso facilitou bastante a vida do usuário e também valorizou os dois tipos de tamanho conteúdo, de forma que vale a pena investir nos dois quando trabalhos SEO para blogs,para que seus conteúdos possam  ter relevância na busca.

Vídeos

Os vídeos estão ganhando a atenção do usuário cada vez mais, portanto os blogs estão tendo que diversificar seu conteúdo e inserir vídeos em sua estratégia de marketing de conteúdo.

O ideal é que seu blog tenha também um canal do Youtube, onde você possa postar versões audiovisuais do seu conteúdo. A partir disso você pode inserir os vídeos em seu site ou vice-versa, deixando links do seu site nas descrições dos vídeos e levando usuários a visitar o site.

Em termos de relevância quando falamos de SEO para blogs, fidelização do usuário e monetização, você só tem a ganhar investidos em vídeos. 

Além disso, existem várias formas de criar vídeos, não necessariamente você precisa aparecer na frente da câmera, explore opções como:

  1. Animações
  2. Imagens com narração
  3. Filmagens da tela do seu PC
  4. Vídeos gratuitos com narração sua e outros…

Core Web Vitals no comando

A experiência do usuário agora é SEO, com a entrada do Core Web Vitals no jogo, o Google está medindo a experiência oferecida pela página em algumas instâncias:

Largest Contentful Paint (LCP): ela mede a renderização da maior imagem ou bloco de texto visível na página.

First Input Delay (FID): ela mede a resposta da página a uma interação do usuário, por exemplo, clique em um botão ou em um controle a base de JavaScript, até o momento em que a página responde a essa ação.

Cumulative Layout Shift (CLS): ela mede a estabilidade da página e a frequência com que os usuários experimentam mudanças inesperadas de layout. Por exemplo, elementos que tremem ou piscam, botões que mudam de lugar e geram cliques equivocados.

Não perca tempo e saiba como ir adaptando o SEO do seu blog/site a essas novas métricas do Core Web Vitals, acesse nosso tutorial e comece hoje mesmo.

Os rankings são mais voláteis que nunca

Lembra da frase famosa do personagem Chicó, em O Auto da compadecida, “Fica rico, fica pobre, fica rico, fica pobre”? Pois é, assim estão os grandes blogs de conteúdo nas buscas atualmente.

As posições e os rankings estão mudando como nunca antes. Uma queda nas posições da busca, já não é algo final como era antes. Na semana que vem seu site pode voltar a uma posição de maior destaque.

Assim como seu site pode se sair bem na busca de uma palavra-chave e para outra, na qual você trabalhou da mesma forma, ele pode não se sair tão bem.

É preciso saber que essa está sendo a nova forma de trabalho do Google e ficar bem com isso.

Quanto mais nichado melhor

Os sites que possuem conteúdos mais específicos em um assunto, estão chamando a atenção. Os sites de micro nichos estão sendo entendidos como especialistas em um assunto, desde que tenham um conteúdo bom.

Investir no assunto que mais traz visitas para o seu blog e deixar outros que não atraem tanto, pode ser uma boa estratégia de SEO para o seu site no momento.

Como ficam os backlinks?

O Neil Patel trouxe um conjunto de dados que mostra a visão a longo prazo de sites que deixaram os backlinks chegarem naturalmente em comparação com sites que compram backlinks ou fazem outreach.

A comparação mostra que os sites que deixaram que os backlinks chegassem organicamente, se deram melhor a longo prazo. Estão melhor posicionados na busca.

Nosso conselho é que você deixe seu conteúdo ter pelo menos 5 meses de vida, antes de tentar comprar backlinks ou forçar esses links fazendo outreach.

E claro que, para quem monetiza sites, além de ficar de olho nas tendências de SEO para blogs, não pode faltar uma ferramenta que facilite a monetização através de tecnologia e acesso a redes de anúncios Premium. Então experimente já o PubGuru!